quarta-feira, 14 de abril de 2010






E aí você surgiu na minha frente,
E eu vi o espaço e o tempo em suspensão.
Senti no ar a força diferente
De um momento eterno desde então.

E aqui dentro de mim você demora;
Já tornou-se parte mesmo do meu ser.
E agora, em qualquer parte, a qualquer hora,
Quando eu fecho os olhos, vejo só você.

2 comentários:

Juuh disse...

Muuuito linda *-*

m e e L ² disse...

hunruum ^^
muito, muito, muito mesmo *-*