sábado, 10 de abril de 2010

" Amor que é amor dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou. O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: “mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto”.O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.O poeta soube traduzir bem quando disse: “se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim "
Padre Fábio de Melo.

4 comentários:

Flávia disse...

Parei no "Se não durou é porque nunca foi amor". Acho ridículo quando tentam classificar se foi ou não amor pela duração do relacionamento, ou pela intensidade do sentimento. Respeito a opinião do padre, mas isso é contraditório. Tem relacionamento que teve amor, mas acabou, não durou. E aí? Quem é ele pra dizer que "se nao durou é pq nao foi amor?"

Que fale isso quanto aos sentimentos DELE, que é um padre e nem relacionamentos com mulheres ele tem, mas não quanto aos dos outros, numa forma de generalização.

Bonitinho, mas ainda lhe falta experiência.

m e e L ² disse...

Flávia, como opinião é igual a bunda, todo mundo tem a sua eu discordo de vc. Se vc tivesse lido o restante do texto veria que ele tbm cita: "O amor resiste à distância, ao silêncio das separações(...)"
Eu acho que amor de verdade é aquele que dura pra sempre, tbm acredito que a gente ama uma vez só na vida. Sim, eu acredito que pra cada pessoa existe a alma gemea. Por isso, eu concordo sim com as palavras do Padre Fábio. Mas também respeito a sua opinião, e agradeço você ter vindo até aqui expressa-la ;)

amanda ;) disse...

Eu acho que qdo ele quis dizer que se não durou não foi amor, não é o termino do relacionamento, mas sim do sentimento e do respeito. Na minha opinião existe sim uma pessoa certa para cada um (alma gemea, mas enquanto não encontramos "aquela" pessoa podemos sim nos apaixonar e viver amores...

meeldiguees disse...

concordo plenamente com a amanda ;)