terça-feira, 28 de julho de 2009

desculpa




‘ Te olho nos olhos e vc reclama que te olho muito profundamente. desculpa,tudo que vivi foi profundamente, eu te ensinei quem sou, e vc foi me tirando os espaços entre os abraços. guarda-me apenas uma fresta.eu que sempre fui livre, não me importava o que os outros me dissessem. até onde posso ir pra te resgatar? reclama de mim, como se houvesse a possibilidade de eu me inventar de novo. desculpa se te olho profundamente. Rente a pele, a ponto de ver seus ancestrais nos seus traços, a ponto de ver a estrada muito antes dos teus passos.eu não vou separar as minhas vitorias dos meus fracassos, eu não vou renunciar a mim, nenhuma parte, nenhum pedaço do meu ser vibrante, errante, sujo, livre, quente. Eu quero estar viva e permanecer te olhando profundamente.’








estava eu, aqui escutando Ana Carolina quando de repente ela começa uma música falando isso, procureei na internet e não achei em lugar nenhum, o jeito foi copiar enquanto ela falavaa ;D é lindo demaais veeei *-* [/me identifiqueeeei]

3 comentários:

Romário disse...

Legal seu blog...essa postagem é realmente massa, ana carolina é show!

Ainda vou ler mais algumas post...só pela primeira dá pra perceber que vc e eu temos algo em comum...não somos só paraibanos...srsrsrs

Tem algum texto de sua autoria já?

Se quiser retribuir a visita fica avontade:http://www.romariorodrigues.blogspot.com/


Gosto de escrever tbém de tudo poesia, cotidiano e as vezes humor para reflexão!!

BJ!

Pobre esponja disse...

Legal ver a Ana Carolina recitar Com tanta pouca opção de saraus no país, os artistas poderiam fazer mais isso, para o público ver o quão transcedente é a poesia: viva, falada, rasgada em cordas vocais...

bjs
Pobre Esponja

luh disse...

:*